quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Falso seqüestro

Hoje, pela manhã, meu pai recebeu uma ligação no telefone fixo da frutaria (meu pai continua trabalhando, apesar de aposentado) e foi informado que eu havia sido seqüestrada. Ao fundo, ele ouvia uma voz de mulher pedindo socorro e chorando muito. Como esse golpe já é antigo, ele perguntou para o suposto seqüestrador, qual o meu nome. É claro que o dito cujo não sabia. Só respondeu que não podia falar e que iria me matar. Pois meu pai, o velho e querido Nagib, disse na lata: "pois então mate". E bateu o telefone.
Com os joelhos tremendo e o coração disparado, telefonou para minha mãe só para certificar se ela tinha falado comigo e se eu estava bem.
Eu estava no hospital, trabalhando desde às 07:00 horas. Quando fiquei sabendo do que aconteceu, fiquei triste e revoltada. Triste, porque meu pai não merecia passar por este susto nem sofrer por minha causa, pois por mais que se saiba que é um golpe, a tendência é sentir medo e pensar "e se for verdade?". Revoltada, porque pessoas inescrupulosas acham-se no direito de tentar extorquir dinheiro de gente honesta e trabalhadora, utilizando-se deste tipo de expediente. O pior e mais doloroso de tudo, é sentir-se impotente, pois não se tem o que fazer!!!
É claro que entrei em contato com ele, precisava tranquilizá-lo. Falei brincando, assim que ele atendeu o telefone: "Oi, pai, quer dizer então que fui sequestrada?"
E ele chorou!!!
De alivio!!!

6 comentários:

Bem Resolvida disse...

nossa...triste teu pai ter que passar por isso.
triste o ser humano ser capaz de algo tão maldoso, não é?
me dá pena desse tipo de gente. são uns coitados que quando desencarnarem vão pagar na alma toda a maldade que fazem...
nem sei o que faria ou sentiria se isso acontecesse comigo, com minha mãe, ou a minha irmã...
um beijo pra vc e pro seu pai.
e pra sua filhinha.
Tem um selinho pra vc!!

Bem Resolvida disse...

ah querida. obrigada.
eu nunca fui cafezinho de mercado. e embora ache realmente que continuo não sendo, me sinto assim.
Esses últimos dias ele tem tentado melhorar, me escreve o dia inteiro, trocamos vários emails, conversamos sobre vários assuntos, acho que ele tenta demonstrar de alguma forma que eu estou enganada, que não sou esse cafezinho pra ele...mas ele não diz isso...ele tem um orgulho que por mais que, as vezes, pareça que ele tem vontade de falar alguma coisa, ele se enrola e não diz, e se tranca no mundinho dele, acho que tentando se proteger...e aí, sem querer me faz sentir esse cafezinho....

Obrigada pelo elogio..até lembrei que uma vez tomei um café muito gostoso e caro em um mercado. uma moça bem vestida que oferecia....rs, assim como vc descreveu.

~ Larissa disse...

Poxa, esse golpe do sequestro é muito chato. Por mais que nós achemos que é uma mentira, ficamos com medo... O seu pai não marecia passar por esse susto, ele deve ter ficado muito aliviado mesmo quando você fez a brincadeira com ele. Eu morreria de desespero!
Obrigada! O Henrique falou que o texto ficou lindo. Bem, eu me inspirei em tudo que senti e sinto perto dele... creio que o sentimento é reciproco com vários. Ah, essas paixões platônicas quando somos novos, com atores famosos... sempre acontecem! Ai, a Miley pode ter feito tudo com todos, mas o álbum dela é muito bom! Bjos amiga, volte sempre!

Izi disse...

Lekka, são fatos lamentáveis como esse q ocorrem todos os dias, seu pai não merecia passar por uma situação dessas, mesmo tendo tomado a atitude certa e com firmeza, ele ficou abalado e com medo...quem não ficaria?
imagino a felicidade q sentiu ao ouvir sua voz...é como se tivesse nascido de novo.
um grande beijo amiga e um beijinho na Ana Clara e no seu pai...diz q prá ele q "ele é um grande homem".

Teresa Augusto Shanor disse...

Querida Lekka!!
Estou chocada com o ocorrido. Ficamos preocupados quando amigos queridos estão em risco ou sofrendo. Infezmente, nestes tempos modernos, a falta de consciência e humanidade predomina. Ainda bem que não passou de um susto e tudo ficou bem. Que Deus a proteja de todo mal e que a paz e a harmonia se façam presentes em seus caminhos e no seu lar. Beijinhos carinhosos pra você e pra Aninha. Abraços pro Nelson.

instantes e momentos disse...

é muito ruim uma situação dessas.
o bom só mesmo a sensação de alívio depois.
Como um pesadelo.
agradeço tuas visitas.
tenha um belo final de semana.
Maurizio