quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Mudanças nas leis de adoção

Há que se comemorar e muito!

Por fim as leis foram revistas e modificadas e a espera, tanto para as crianças que aguardam um lar e uma família, quanto para os casais que querem um filho, com certeza irá diminuir!

Porém, à parte da lei, é necessário que os casais candidatos à adoção, revejam seus critérios e estabeleçam menos exigências, afinal, quando se tem um filho biológico, não se escolhe nada. Sexo, cor e tipo de cabelo, tom de pele, cor dos olhos, tudo fica por conta da natureza!!! Então, porque na hora de adotar, a maioria dos casais fica fazendo exigências? Acho importante num momento de mudanças, que também hajam mudanças nesse sentido!!! Refletir à respeito e reavaliar os valores com relação à maternidade/paternidade é de extrema importância ao se optar pela adoção.

8 comentários:

Olirum disse...

Acho muuito nobre a atitude de alguém adotar uma criança!
tenho vontade de fazer isso!

Teresa Augusto Shanor disse...

Querida Lekka!!
Precisamos mesmo comemorar esta nova Lei. Agora só falta tudo se concretizar no dia a dia. O problema na escola da Aninha é um fato grave que tem que ser denunciado sim e você está certa. Não é o aluno que tem que se adaptar à escola, mas a escola é que tem que buscar soluções adequadas às necessidades de seus alunos. Tem um presente de Niver pro Nelson lá no blog alegria de viver e tb um presente pra você, que me ajudou a conseguir o título de Marquesa com seu carinhoso voto. Obrigada pelo carinho e que Deus abençoe você e sua linda família. Saúde e Paz!! Beijinhos carinhoso no seu coração.

Bem Resolvida disse...

quando eu era adolescente dizia que um dia eu iria adotar um bombonzinho de chocolate. Sempre tive esse sonho e a vontade de ter um feijãozinho era tanta que na minha gravidez sonhei que minha filha nasceu negra. Sempre achei um absurdo as pessoas escolherem crianças de olhos claros, loiras e "lindas" pra adotar...embora eu ache bombonzinhos maravilhosos...
Tbm acho que as crianças com mais de 3, 4 anos tem menos chances, acima de 10 então... As pessoas procuram por bebês sempre.
Um dia, se Deus permitir que eu tenha recursos pra criar mais uma criança, quero ter uma filha, da idade da minha, pra que elas crescam juntas e brinquem juntas....imagina, arrumar uma filha já com 7, 8 anos...
infelizmente acho que nos próximos anos isso não será possível, mas quem sabe eu caso com um homem rico (desculpa, mas sempre faço essa piada tosca).
A gente ama os amigos, os familiares, ama tanta gente...tem muito amor pra dar pra muita criança, independente da idade, sexo ou cor dos olhoso e de cabelo, não é mesmo??
Um beijo!!

tagarelando disse...

Realmente é uma vitória para as pessoas sérias que realmente querem fazer a diferença na vida de algumas crianças. Ainda falta liberarem a adoção para casais Homossexuais estáveis. Mas ainda existe certa resistência quanto a isso. Os casais querem crianças que sejam semelhantes a eles. É sempre a tal da aparência entrando na questão. Cadê a essência do ser? Aonde? Heim?

Sei de uma passagem muito linda onde um casal foi a um orfanato procurando uma criança para ser adotada.

A Assistente social apresentou todas as crianças do orfanato para o casal, eles observaram que no parquinho do orfanato brincava um menino que não haviam apresentado pra eles. Então o Senhor perguntou para a assistente social. Quem é aquele menino? Ela respondeu; O nome dele é Pedro, mas é surto e não consegue enxergar de um olho. A gente nem oferece mais ele, porque ninguém quer.
Então o senhor respondeu, é ele que eu quero adotar, pois ele sim precisa de mim.

É de arrepiar né, tudo bem que eu contando história eu sou péssimo, quando eu li ela eu me derramei... rs.rs mas enfim, eu tentei.

Rosa Mattos disse...

Amiga, é louvável quem adota sem olhar cor, idade nem traços, apenas sente o coração falando alto e direcionando para uma das tantas que ali pedem um lar. Por muitos serem exigentes e pelas dificuldades anteriores da lei, muitas iam sobrando nos orfanatos e deixavam de ser 'oferecidas' aos que vão até lá em busca de um filho. Qualquer desentrave na lei é bem-vindo e uma distância encurtada. Assuntos delicados assim como esse que postou fazem a gente pensar sobre algo tão sério. **bjos**

Miranda Priestly disse...

adoção é muito lindo.

O Profeta disse...

Que bom sentir-te no meu espaço...


Doce beijo

Mulher de fases disse...

Sou adotada,e fico feliz que nossas leis mudem,tanta criança precisando de carinho..seu gesto também foi muito nobre!Tenho um filho biológico mas gostaria de adotar um também...bjos..